Paysandu vence o Remo nos pênaltis e conquista o 1º turno do Campeonato Paraense 2016
07/03/2016 - 9h08 em Esportes

O Paysandu é o campeão da Taça Cidade de Belém. O Papão só ficou com a taça após vencer o arquirrival Remo, em pleno Mangueirão, por 4 a 1 nas penalidades máximas. No tempo normal, o Papão vencia até aos 39 minutos do segundo tempo, quando sofreu o gol de empate.

Com isso, o Paysandu já está confirmado na Copa do Brasil e na Copa Verde 2017, pois ficará entre os três melhores do Campeonato Paraense.

O JOGO
Clássico é clássico e vice-versa. Remo e Paysandu fizeram um primeiro tempo com boas chances de gols. O cartão de boas-vindas foi do Papão num belo voleio de Betinho, que passou rente ao travessão. A resposta foi de Lecy, que chutou para a grande defesa de Emerson. Na sobra, Ciro tentou, mas também ficou no arqueiro.

Paysandu derrota Remo e é campeão

Aos 30 minutos, uma infelicidade do meia Eduardo Ramos fez o Paysandu abrir o marcador. Após cobrança de falta de Marcelo Costa, o jogador do Remo jogou contra a própria rede. O árbitro, porém, assinalou para o meia do Papão. Apesar da forte chuva que caiu em Belém, a partida seguia à todo vapor. Atrás do placar, o Remo esboçou uma reação final, mas não conseguiu passar pelo bloqueio adversário.

No segundo tempo, o panorama do jogo mudou, foi praticamente um ataque contra defesa. O Paysandu recuou e deu campo para o Remo, que foi para a pressão em busca do empate. Aos 18 minutos, Welthon invadiu a área e chutou para defesa do goleiro Emerson, que jogou a bola para escanteio.

Apesar de ter três atacantes em campo, o Papão marcava atrás da linha da bola, porém, acabou surpreendido aos 39 minutos. Welthon foi derrubado pelo goleiro Emerson, que acabou expulso, e o árbitro marcou penalidade máxima. Na cobrança, Eduardo Ramos se reabilitou e levou o jogo para os pênaltis.

Na marca da cal, Leandro Cearense, Bruno Veiga, Augusto Recife e Raphael Luz foram o responsáveis pelo título do Papão. O Remo marcou apenas o primeiro com Eduardo Ramos. Léo Paraíba e Ciro desperdiçaram suas cobranças.

 

FICHA TÉCNICA – PAYSANDU 1 (4) X (1) 1 REMO

  • PAYSANDU - Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Pablo e Lucas; Ricardo Capanema, Augusto Recife, Raphael Luz e Marcelo Costa (Bruno Veiga); Fabinho Alves (Marcão) e Betinho (Leandro Cearense). Técnico – Dado Cavalcanti.
  • REMO - Fernando Henrique; Murilo (João Victor), Ítalo, Henrique e Levy; Michel, Alisson, Yuri (Léo Paraíba), Marco Goiano (Welthon) e Eduardo Ramos; Ciro. Técnico – Leston Junior.

ÁRBITRO – Joelson Nazareno,

RENDA: R$ 350.265,00 – PÚBLICO PAGANTE: 15.584  – CREDENCIADOS: 2.535  – PÚBLICO TOTAL: 18.119

LOCAL – Estádio Mangueirão, em Belém (PA)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!