Operação Ágata faz maior apreensão de madeira nos últimos anos
05/12/2017 - 6h23 em Notícias

 

A equipe da Divisão de Repressão da Receita Federal na 2ª Região Fiscal (Direp02), em ação conjunta com a Marinha do Brasil, realizaram neste domingo (3) a maior apreensão de madeira nos últimos anos durante a Operação Ágata, nas proximidades do município de Barcarena. Durante a abordagem, foram encontradas toras de madeira sendo transportadas em 92 contêineres, que seriam destinados à exportação.

 

A carga não possuía documentação ambiental necessária, em especial a autorização do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), que posteriormente confirmou as irregularidades.

A Receita Federal afirma que a principal suspeita é que a carga tenha sido destinada à exportação, ainda que não haja indícios concretos de contrabando ou descaminho. Por enquanto é feita uma apuração por parte do órgão sobre o caso.

OUTRAS APREENSÕES

Dia anterior à maior apreensão de madeira já registrada, a mesma operação encontrou outra balsa irregular do município de Manaus. O principal indício é que a carga transportada também seja ilegal. Foi realizada a retenção das mercadorias e das 17 carretas que a transportavam.

São aguardadas as documentações para a realização das análises que darão prosseguimento na verificação física da carga, prevista para amanhã esta terça-feira (5) no porto Carinhoso, em Belém.

 

(Com informações da Receita Federal)

COMENTÁRIOS