Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Envolvidos em crimes enfrentam júri nesta terça feira (15)
15/05/2018 06:03 em Notícias

Começa nesta terça-feira, 15, às 08h, no plenário do Fórum Criminal de Belém, sob a presidência do juiz Raimundo Moisés Alves Flexa a primeira sessão de júri popular de 19 acusados, entre eles policiais da ativa e reformados, envolvidos em crimes de homicídios, formação de quadrilha, posse e porte de arma, resultado de operação da Polícia Militar em parceria com a Policia Civil, denominada “Navalha na Carne”.  

Na primeira sessão, serão submetidos a júri: Luís Henrique Gomes Cabral; Mauro Reis Coelho, Rosevan Moraes Almeida, José Percival da Conceição Moraes.

Os réus respondem pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver, extorsão mediante sequestro com resultado morte, porte ilegal de armas e formação de quadrilha.  O policial José Augusto Pantoja Vale, que também respondia pelos crimes, teve extinta a punibilidade por morte.

As vítimas são Reginaldo de Lima Tavares e Renaldo Araújo Machado.

Estão previstos depoimentos de oito testemunhas arroladas pela acusação, entre elas um delegado e um oficial da Aeronáutica. A defesa dos réus tem mais quinze depoentes, totalizando 23 depoimentos e mais os interrogatórios dos réus, o que poderá fazer o júri passar para um segundo, ou até, terceiro dia, so nessa primeira sessão.

O promotor de Justiça Edson Augusto Souza atuará na acusação. A defesa dos dois primeiros acusados será promovida pelo defensor público Alessandro Oliveira. Os PMs Rosevan Moraes Almeida e José Percival da Conceição Moraes habilitaram os advogados criminalistas Ivanildo Ferreira e Felipe Alves.

As próximas sessões estão marcadas para os dias 22 e 29 quando serão ouvidos os 14 acusados. Dia 22 serão seis réus, e dia 29, mais 08 réus, que respondem por crime de formação de quadrilha, posse e porte ilegal de arma

COMENTÁRIOS