Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Governo garante escoamento da produção agrícola
10/11/2018 00:30 em Notícias

Preocupado com a trafegabilidade e o escoamento da produção agrícola na Região do Anel da Soja, o Governo do Maranhão  voltou a se reunir  para avaliar o início dos trabalhos de recuperação da MA-006 e ampliar as ações em parceria com os produtores rurais do Sul do Estado. 

A reunião entre o Secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, equipes técnicas da Sinfra e o deputado eleito Márcio Honaiser definiu por novos serviços dentro do planejamento estabelecido para garantir o tráfego na rodovia. “Recebemos em 2015 a MA-006 em colapso e não ficamos parados, paralelo à obtenção de recursos para resolver o problema, adotamos ações contínuas de manutenção e conservação para garantir a trafegabilidade da rodovia nos trechos entre Balsas a Fortaleza dos Nogueiras, Formosa da Serra Negra a Grajaú e Balsas a Alto Parnaíba, além da recuperação de outros trechos da estrada”, destacou Noleto.

Os serviços iniciados  há cinco dias  se concentram no trecho da MA-006, entre Balsas a Fortaleza dos Nogueiras, duas frentes trabalham na operação de recuperação  do pavimento asfáltico  e de melhoramento da rodovia. 

O  trecho entre Balsas a Alto Parnaíba deve ser iniciado nos próximos dias com os  serviço de tapa-buracos em 100 dos 242 km com a pavimentação das ladeiras conhecidas como “pisa no freio” e “Dr Carlos”  considerados pontos críticos e que dificultam o transporte da safra agrícola. Na parte complementar, será realizado o melhoramento  para dar condições de trafegabilidade.

Entre Grajaú a Formosa da Serra Negra as equipes estão   mobilizadas para executar a operação tapa-buracos e  melhorar a plataforma para que os veículos possam trafegar sem problemas.

Na BR-324 entre os municípios de Balsas a Ribeiro Gonçalves no Piauí, apesar de ser responsabilidade federal, em parceria e sob  a gestão da entidades ligadas ao agronegócio na região, o governo deve manter o plantão de patrulhas mecanizadas para ajudar  a dar condições de trafegabilidade para que o transporte de grãos não seja prejudicado. 

Para o ex-secretário de Estado da Agricultura e Pecuária  e   Deputado eleito Márcio Honaiser as ações na MA-006 chegam com  a antecedência necessária para garantir o escoamento da produção do sul do estado e o fluxo de pessoas entre os vários municípios no chamado Corredor Sul-Norte. “O diálogo entre a gestão estadual e os produtores ajuda a solucionar as demandas de forma mais eficiente”, afirmou Márcio Honaiser.   

Investimentos

O Governo do Maranhão tem trabalhado para melhorar a qualidade de vida dos maranhenses na Região Sul e Sudeste do Estado. Os Investimentos ultrapassam os R$ 800 milhões de reais  em infraestrutura, saúde, educação e segurança.

No trecho de 125 km da MA-006,  entre Grajaú e Arame, estão sendo investidos R$ 22 milhões de reais na pavimentação da rodovia. Entre Pedro do Rosário e o povoado Cocalinho, a população recebeu em 2017 os 42 km do trecho da MA-006 pavimentados e sinalizados,  pondo fim  a um sofrimento de décadas.  

Embora num cenário de crise nacional com a redução dos repasses federais,  o governo mantém os investimentos e busca os recursos para resolver  o problema da MA-006,  uma das maiores rodovias do Maranhão, importante corredor agrícola da região Sul do Estado. 

Segundo o Secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, está em fase de finalização os trâmites técnicos para a captação de recursos para a execução do Programa Corredor  de Transporte e Integração Sul Norte do Maranhão em parceria com o Banco de Desenvolvimento da América Latina(CAF) e o Novo Banco de Desenvolvimento da América Latina (NBD).

Noleto adiantou que  a 1ª Etapa  do projeto prevê a pavimentação da MA-006, entre Balsas a Alto Parnaíba com investimento  de R$ 800 milhões de reais. “Não ficamos parados e estamos agora mais perto da concretização deste sonho que é a reconstrução da MA-006, totalmente dimensionada para a importância que assumiu a rodovia no país”, enfatizou o secretário.     

A  MA-006 com 1225 km de extensão foi construída na década de 80 com o objetivo de ligar o Norte ao Sul do Estado, não imaginando ter que atender, mais tarde, uma importante fronteira agrícola para os estados do Maranhão, Pará e Tocantins, suportando 20 vezes mais o que foi dimensionado para a rodovia.

 

Fonte: Sinfra

Texto: Mozart Magalhães

COMENTÁRIOS