Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Policial de folga salva homem de ataque a tiros no Pará
05/08/2022 10:39 em Notícias

Dois homens tentaram matar a vítima, mas foram impedidos por um policial militar que está próximo ao local do atentado, ocorrido em Parauapebas

 

Os policiais realizam treinamentos para que saibam como agir em situações de riscos para as vítimas, diariamente isso é colocado a prova. Nas ruas, nas missões e até mesmo quando estão fora de serviço pode surgir uma ocorrência de surpresa.

 

Na noite da ultima quarta-feira (03), em Parauapebas, um policial militar salvou a vida de uma vítima de tentativa de homicídio no Bairro Cidade Jardim. 

 

O soldado Wedson Leal dos Santos, de 33 anos, estava de folga,  em um lava-jato onde aguardava seu automóvel ser higienizado quando percebeu uma movimentação incomum.

 

Conforme o relato do policial, um homem, identificado como Marcos Rodrigues Rosa da Conceição, 21 anos, estava sentado em uma cadeira próxima quando dois indivíduos, sendo um adolescente de 15 anos e outro ainda não identificado, se aproximaram em uma motocicleta.

 

O militar percebeu quando a pessoa que estava na garupa desceu da motocicleta e sacou uma arma de fogo, que disparou em direção a Marcos que foi atingido. Rapidamente, o policial também sacou a própria arma e revidou os tiros contra a dupla que havia chegado na moto.

 

Wedson então pediu apoio de guarnições da Polícia Militar e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros. O Samu encaminhou um dos responsáveis pelo ataque ao Hospital Municipal, onde foi submetido à cirurgia e está em estado grave, porém estabilizado.  O outro envolvido morreu ainda no local.

 

Marcos, alvo da dupla, apresenta quadro estável e aguarda cirurgia. 

 

Conforme informações da Polícia Militar, mesmo ferido o adolescente informou ser integrante da Facção Criminosa PCC e ter sido enviado para assassinar Marcos, mas não detalhou a motivação para o crime.

 

O caso foi registrado na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil que deverá investigar a tentativa de homicídio.

 

Com informações Assessoria

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE