Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Detran registra quase 4 mil infrações nas estradas paraenses
29/07/2016 08:56 em Notícias

A Operação Verão Seguro 2016, do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), iniciada em primeiro de julho, registrou 3.847 autuações, segundo balanço divulgado ontem, com 676 veículos retidos por infrações diversas. A ação, realizada 24 horas por dia, abrange municípios e distritos do Estado, incluindo Mosqueiro, Salinópolis, Soure, Bragança, Marapanim, Barcarena, Abaetetuba, Conceição do Araguaia e Outeiro. 

Os casos de alcoolemia continuam sendo o foco das ações: houve 247 autuações, com 151 encaminhamentos à delegacia pelo crime de dirigir alcoolizado. Salinopólis, no nordeste paraense, lidera os números de prisões por condução de veículo sob efeito de álcool, totalizando 86. 

As infrações mais cometidas pelos motoristas estão ligadas ao licenciamento em atraso, falta de capacete e demais equipamentos de segurança, veículo com lotação excessiva e outros, segundo a diretora geral da autarquia, Andrea Hass.

Com abordagens e verificação de documentação de veículos e condutores, o objetivo do Detran é colaborar também para inibir fraudes e roubo de veículos. “As barreiras de fiscalização inibem a ocorrência de crimes, inclusive nas operações da Lei Seca, por exemplo, que integram as policias Militar e Civil, bombeiros e diversos outros órgãos de segurança”, ponderou Andrea.

O aumento no número de registros, a diretora geral, atribuiu à readequação do planejamento, por meio de estratégias que otimizam o trabalho. No final de semana passado, de 22 a 24 de julho, foram aplicadas 1.013 notificações de infração de trânsito, 160 veículos foram removidos ao Parque de Retenção por irregularidades na documentação e equipamentos obrigatórios, 120 carteiras de habilitação foram recolhidas e 46 condutores foram encaminhados à delegacia pelo crime de conduzir sob efeito de bebida alcoólica. “Pretendemos ajudar a cultivar hábitos seguros, focando inclusive nos pequenos deslizes, que aumentam muito o risco de acidentes”, explicou.

Os registros do Detran indicam que a frota de Salinópolis aumenta extraordinariamente nesse período, chegando a registrar fluxo de 60 mil veículos nas areias do Atalaia, segundo o coordenador de Operações Walmero Costa. Ele lembropu que à medida que o condutor comete infrações, pontos são adicionados na carteira de habilitação. Se o motorista chegar a 20 pontos, terá a carteira apreendida. Infração gravíssima soma sete pontos; grave, cinco pontos; média, quatro; e leve adiciona três pontos na habilitação.

O Detran comunica a suspensão da CNH através de uma notificação, que chega pelos correios no endereço residencial cadastrado no sistema da instituição. Na correspondência é avisado qual o período em que o documento estará suspeno. O tempo da suspensão, entretanto, depende do motivo pelo qual a habilitação foi suspensa, podendo durar de um mês a dois anos. É possível consultar a pontuação no site do Detran (www.detran.pa.gov.br), no menu “Consulta Pontuação CNH”.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!