Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Adolescente é apontada como mentora e mandante da morte do próprio pai
26/02/2021 06:10 em Notícias

Crime teria sido uma forma de por fim às agressões cometidas pela vítima contra a esposa e as filhas

 

Um homicídio ocorrido no último dia 22 acabou revelando contornos de uma trama digna de filmes de suspense. Um homem foi morto a facadas dentro da própria casa por dois desconhecidos. A principal suspeita recaiu sobre a filha da vítima, de apenas 16 anos. Segundo as investigações, ela tinha planejado o crime pelo menos uma semana antes e colaborou diretamente com os assassinos. O caso aconteceu no bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus (AM).

 

A vítima teve a casa invadida e foi surpreendida pelas estocadas enquanto dormia. Mesmo ferido, ainda conseguiu se levantar e partir para cima de um dos criminosos, que morreu no local, enquanto o comparsa fugia. Com ajuda de vizinhos, ele foi levado para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, localizado no bairro Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus, mas não resistiu e veio a óbito.

 

Pelas características do crime, a polícia desconfiou que a ação tinha contado com o auxílio de alguém próximo da vítima. E todos os indícios apontavam para a jovem. Apreendida e levada à presença da autoridade policial, ela confessou ter planejado a morte do pai e também deixado a porta de casa aberta para que dois homens entrassem e praticassem o crime.

 

Segundo a adolescente, o pai era bastante agressivo e frequentemente usava de brutalidade contra a mãe e as irmãs. Para tentar protegê-las, ela então decidiu contratar os dois homens. De acordo com a delegada Elizabeth de Paula, que conduziu o caso, a relação entre pai e filha era bastante conflituosa.

 

A adolescente vai responder por ato infracional análogo ao crime de homicídio e foi encaminhada à Unidade de Internação Provisória (UIP), onde aguardará decisão da Justiça.

Fonte: Portal do Holanda

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE