MENU
Paysandu vence o Remo nos pênaltis e se garante na final da Copa Verde de 2023
30/03/2023 13:54 em Esportes

No tempo normal, o Papão derrotou o rival, por 2 a 1, se garantindo nas penalidades e fechando a série em 4 a 2

 

O jogo entre Clube do Remo e Paysandu Sport Club fizeram um clássico emocionante do início ao fim na noite desta quarta-feira, 29, no Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém. A partida foi válida pela semifinal da Copa Verde. O Leão venceu o jogo de ida, por 1 a 0, e estava com a vantagem, mas o Papão derrotou o rival por 2 a 1 no tempo normal e levou a decisão da vaga para os pênaltis, com o time bicolor vencendo a disputa por 4 a 2 e se garantindo em mais uma final.

Durante o Jogo

O Paysandu tentou primeiro, quando Bruno Alves recebeu pela direita e finalizou para fora. O Remo respondeu depois que Jean Silva tocou para Muriqui; o atacante remista chutou e parou na boa defesa do goleiro Thiago Coelho. Na segunda chegada do Leão, a bola foi parar na rede bicolor: em um contra-ataque rápido, Pablo Roberto lançou para Muriqui, que, com muita categoria, deu um toque por cima do arqueiro Thiago Coelho – um golaço no Mangueirão, aos 30 minutos, 1 a 0 Leão Azul.

Em mais um contra-ataque azulino, Pablo Roberto apareceu sozinho com o goleiro bicolor, mas finalizou em cima de Thiago Coelho. Juan Pitbull tentou de longe para o Papão, mas o goleiro Vinícius defendeu com tranquilidade. No segundo tempo, as coisas mudaram e o Paysandu foi para o tudo ou nada. Fernando Gabriel chutou e o goleiro Vinícius defendeu para o time azulino.

Após escanteio para o Papão, a bola ficou no bate e rebate dentro da área, mas o atacante Mário Sérgio pegou a sobra e mandou para o fundo do barbante, aos quatro minutos, 1 a 1. O Remo respondeu em um contra-ataque; Raí cruzou da esquerda e Muriqui cabeceou no travessão. Quem não faz, leva: João Pedro cruzou da esquerda, Bruno Alves ajeitou para o chutaço de Fernando Gabriel, um golaço do bicolor, aos 34 minutos, virada no Mangueirão, 2 a 1 Papão.

O Paysandu quase marcou o terceiro, quando Ricardinho cobrou uma falta venenosa e o goleiro Vinícius espalmou. Em outra tentativa do time alviceleste, Fernando Gabriel chutou e Vinícius salvou o Leão novamente. O Leão teve a última chance de marcar com Muriqui, que de frente pra o gol chutou e o goleiro Thiago Coelho defendeu. Placar final: Remo 1 x 2 Paysandu.

Com esse placar, a decisão da vaga foi para os pênaltis. Eltinho converteu a última cobrança bicolor e o Papão venceu o rival por 4 a 2, se garantindo na final da Copa Verde. O adversário bicolor na decisão será o Goiás (GO), que despachou o Cuiabá (MT) por 2 a 0 e também se garantiu na briga pelo título.

 

Jogadores do Paysandu comemoram a classificação diante do rival (Foto: John Wesley/Ascom Paysandu)

 

Sétima Final 

O Paysandu vai encarar o Goiás na final da Copa Verde. Será a sétima vez que o Papão vai decidir o título da competição. O clube paraense também vai em busca do tetracampeonato. A CBF ainda irá divulgar os detalhes das partidas.

 

Novo Mangueirão

O primeiro jogo noturno do Novo Mangueirão, que aconteceu nesta quarta-feira (29), deixou a torcida paraense ainda mais animada pelo retorno do estádio. A dupla Re-Pa decidiu qual dos dois times avançaria para a final da Copa Verde, e foi o torcedor bicolor que saiu mais feliz. O público das duas equipes esgotou os ingressos disponibilizados pelos clubes e deu um show a parte no Novo Mangueirão, que será entregue, oficialmente, no dia 9 de abril, após dois anos de obras do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (SEDOP). O secretário de obras do Estado, Ruy Cabral, destacou para a imprensa, a importância dos testes para que as correções possam ser feitas até a entrega oficial, no próximo dia 9 de abril.